A prioridade é o Brasil

A prioridade é o Brasil Aécio Neves afasta boatos de que o PSDB negocia cargos e ministérios com Temer

Nesta segunda-feira (25/04), quando a comissão do impeachment do Senado foi formada para começar a avaliar o processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff, Aécio Neves esclareceu os boatos sobre uma participação do PSDB em ministérios, na hipótese de Michel Temer (PMDB) assumir o cargo de presidente da República.

Aécio disse que o compromisso do partido é com o Brasil, com a apresentação de uma agenda política para que o país saia definitivamente da crise econômica em que se encontra, não havendo, portanto, prioridade para ocupação de ministérios. Essa agenda teria como pontos principais uma profunda reforma na estrutura do Estado, a intensificação das investigações de corrupção, principalmente a operação Lava Jato, e uma reforma política que reduza o número de partidos políticos no Brasil.

Aécio Neves afasta boatos de que o PSDB negocia cargos e ministérios com Temer  - Foto: George Gianni

Aécio Neves afasta boatos de que o PSDB negocia cargos e ministérios com Temer – Foto: George Gianni

Se Aécio não condiciona o apoio do partido à ocupação de cargo, por outro lado não descarta a possibilidade de o futuro presidente convocar qualquer membro do PSDB para sua equipe. Se isso ocorrer, segundo Aécio, o partido não se oporá, mas a única coisa que poderia impedir o apoio seria falta de compromisso de um eventual novo governo com uma agenda proposta.

Não condicionamos nossa participação no governo à indicação de quem quer que seja. O que o PSDB propõe ao Brasil é uma agenda que nos tire da crise. Em nenhum momento, colocamos o interesse do PSDB acima do interesse do Brasil e, por isso, demos a totalidade, a unanimidade dos votos do PSDB pelo impeachment, pois consideramos que a presidente da República cometeu crime de responsabilidade e ela perdeu totalmente as condições de governar o Brasil.” – Aécio Neves