Aécio Neves recebe jornalista Roberto D’Ávila

Aécio Neves recebe jornalista Roberto D’Ávila Em entrevista, ele fala sobre a transição política

Nesta quarta-feira, o apresentador da Globo News, Roberto D’Ávila, entrevistou Aécio Neves.

Na pauta, os principais assuntos foram a participação do PSDB no futuro governo, caso a presidente Dilma Rousseff seja impedida de governar, e sobre Aécio ter o seu nome envolvido nas investigações do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Aécio Neves destacou o momento delicado em que o país vive, neste momento, atravessando um conjunto de crises: moral, econômica e política. Todas elas de inteira responsabilidade do PT.

Ele também ressaltou que a posição do PSDB sempre foi de estar a favor do Brasil e que a decisão do impeachment da presidente não foi de seu partido, mas de todas as irresponsabilidades e a incapacidade de conduzir o país tomadas pela presidente.

Aécio Neves respondeu às perguntas sobre a abertura das investigações feitas pela Procuradoria Geral da República contra seu nome. Tranquilo, disse que as denúncias relativas ao recebimento de propina do caso de Furnas, uma empresa subsidiária da Eletrobras, estão sendo feitas por políticos petistas ou por pessoas que têm envolvimento com o governo.

Eu sou a figura mais visível da oposição. Os ataques durante a campanha eleitoral eram enormes e continuam agora. Mas só tem um caminho: a investigação. Ela tem que acontecer. Eu tenho a consciência de que sempre agi com a absoluta correção e eu quero que essas investigações se aprofundem.” Aécio Neves

Veja a entrevista completa aqui