Amadurecimento político

Amadurecimento político CCJ aprova projeto de Aécio que proíbe funcionários públicos de fazerem doações para políticos

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) deu um importante passo na aprovação do projeto de lei 663/2015, que proíbe funcionários públicos com cargos de confiança de fazerem doações financeiras a partidos políticos ou candidatos no período eleitoral.

A aprovação mostra lucidez do Senado no trabalho em benefício do país, para tentar apagar de vez a herança deixada pela má administração do governo do PT, ao longo desses anos.

A lei 663/2015 é de autoria de Aécio Neves. Ela promoverá um amadurecimento político para o país, pois altera a Lei das Eleições, a Lei dos Partidos Políticos, restabelecendo diretrizes e, sobretudo, gestão e ética entre instituições públicas e partidos políticos.

interna

O caminho a ser percorrido é longo. O projeto seguirá agora para apreciação e votação na Câmara dos Deputados, mas já demonstra a vontade crescente de extirpar a ingerência e a camaradagem do ambiente administrativo do Estado.

Com solidez política e ética administrativa, o Brasil pode dar certo.