Mais do mesmo

Mais do mesmo Reunião ministerial reforça a superficialidade do discurso da presidente

Na primeira reunião ministerial do governo, realizada ontem (27/01), em Brasília, com a presença de todos os ministros e secretários e assessores e vice presidente, a presidente Dilma Rousseff demonstrou um certo desconforto ao proferir seu discurso. E nada teve a ver com a falha no teleprompter (equipamento que reflete o texto diante das câmeras).

O desconforto da presidente foi exatamente na convicção de passar os números, as informações, as ações e as ordens para que os seus ministros possam trabalhar.

Num dado momento, Dilma Rousseff disse para sua equipe combater os boatos que aparecerem em seus ministérios, como se a realidade que está estampada por todos os cantos do Brasil fosse criada pela impressa ou por alguém que ouviu falar.

Não. A verdade está aí, na cara. A verdade está na sociedade que enfrenta diariamente o preço da gasolina, da energia elétrica, do racionamento de energia, da inflação no supermercado. A verdade está mercado financeiro que perde investimentos, que fecha suas portas, que desemprega trabalhadores por não conseguir ampliar os negócios e lucrar. A verdade está no posto de saúde, nas filas à espera de atendimento, na falta de insumos básicos. Está também no corte da verba de educação, no baixo salário do professor, na falta de escola, no aumento da miséria e na bala perdida que mata criança e destrói uma família inteira.

maisdomesmo1

Ontem mesmo, indignado com a superficialidade do discurso da presidente, Aécio Neves publicou uma nota em sua página no Facebook. Assim, como todos os brasileiros de bem, Aécio esperava muito mais de uma presidente que estava há tempos sem dar as caras para a sociedade e assumindo um cargo tão importante pela segunda vez.

O discurso da presidente Dilma afronta mais uma vez a inteligência dos brasileiros.” Aécio Neves

Aécio citou inúmeros pontos falhos do discurso da presidente. Entre eles, dois se destacaram com grandeza: a grave crise que se instalou na Petrobrás e que, todos os dias, surgem novas denúncias, novos envolvidos e contínuas perdas de investimentos, valores e crédito. E a outra grave crise que acontece no setor energético, culpando apenas a natureza pela falta de água nos principais reservatórios do Sudeste e Nordeste e se eximindo da responsabilidade dos investimentos que deveriam ter sido feitos.

Quem escuta as palavras da presidente acha que o país chegou aonde chegou por obra do acaso. Não é verdade. Foi preciso muita incompetência, muita arrogância para desprezar os alertas feitos por tantos brasileiros para que chegássemos até aqui.” Aécio Neves

Trinta dias sem dialogar com a sociedade e o discurso apresentado foi mais do mesmo. Do mesmo de quatro anos atrás. O problema é que a situação mudou e são mais dos mesmos conflitos e muito mais dos novos apuros.

 

2 comentários

  • Cris Foramigilio 28 de janeiro de 2015 at 21:38

    Senador confio em seus olhos. Comece a projetar um pais que terá de começar do zero ,um novo pais diferente de tudo que foi visto . Uma nova estrutura. O nosso pais acabou , ontem escutando os jornais lá fora o Brasil é fumaça. Nosso pais nunca conseguiu ser nada , mas ele é tudo tem um povo maravilhoso. Mas um povo sofrido. Que trabalha trabalha e nada. Por isto precisamos recuperar nossos jovens da droga patrocinada por este governo facilitando não cuidar das corrupções da fronteiras ou pior ajudando o pais que produz vender .Precisamos de uma saúde de primeiro mundo, precisamos de um cuidado com a vida de pessoas principalmente idosos. Precisamos de todos os Estados na mesma Consciência Una com todos possam ter uma infraestrutura de casa, de água de esgoto de trabalho rentável de uma vida de paz e amor. Tenho certeza que isto não esta longe, basta ter fé e acreditar.

  • Adriana Minuzzi da Motta 28 de janeiro de 2015 at 18:25

    A Sra.Presidente, não se preocupa, com uma família , que a mãe, foi assassinada na frente do Filho Pequeno, Do Filho de 7anos, no momento no jornal da Band, com o Boichat, e Foi chocante , a Criança estava no Banco de Trás, em São Miguel Paulista, o Marido da Vítima, pergunta ao Datena, aonde está a Presidente, que prometeu, segurança, igual a Copa do Mundo, no Datena, no Brasil Urgente, tantos casos de Corrupção não deixa ela fazer nada, eu sei Datena, ele falou, o marido da Vítima, que se chamava Paola!!

Não é possivel comentar.