O erro é dela, a conta é nossa

O erro é dela, a conta é nossa No Senado, Aécio diz que chegou a hora de Dilma assumir a verdade

Em um discurso na tribuna do Senado Federal, na tarde desta quarta-feira (13/04), Aécio Neves avaliou o cenário político, os números da recessão econômica e os prejuízos sociais causados aos brasileiros pelos erros e irresponsabilidade do governo Dilma. Para Aécio, não há dúvidas de que a verdade vencerá neste momento, em que o impeachment tramita no Congresso, e todas as ilicitudes cometidas pelo governo não ficarão mais impunes.

 

Aécio-Neves-Senado-Brasil

 

Para Aécio, o governo foi irresponsável e criminoso ao ignorar todos os alertas e destruir a credibilidade do país. O governo Dilma transformou o Brasil no país que mais desemprega em todo mundo, com mais de 10 milhões de pessoas sem trabalho, atualmente. Com cortes drásticos nos programas sociais e nas áreas de segurança e educação, o governo do PT, responsável por mergulhar o país na mais grave recessão de sua história, não tem mais esperança para oferecer ou confiança para ter como garantia.

 

O governo não apenas errou, não apenas se omitiu: esse governo enganou e mentiu sucessivamente aos brasileiros, para preservar o seu projeto de poder.” – Aécio Neves

 

Aécio também reforçou que o grande erro do governo e da presidente foi se preocupar unicamente com o seu projeto de poder, ignorando o Brasil Real e a situação de milhões de brasileiros.

 

Mas Aécio acredita que com o impeachment da presidente Dilma – apoiado pela ampla maioria, entre a qual se destacam muitos de seus companheiros de jornada – o Brasil poderá começar a resgatar a confiança e a credibilidade. Aécio Neves garantiu a unanimidade do PSDB na votação pelo impeachment e assegurou que, se a presidente for realmente afastada, o partido se disporá a discutir uma ampla agenda de reformas e a ajudar na recuperação do Brasil.

 

Devemos pensar nos brasileiros acima dos partidos políticos e há um conjunto de cidadãos e cidadãs que não querem mais o confronto, não querem ver apenas o conflito de ideias ou de ideologias. Eles querem que nós demonstremos, como representantes do povo brasileiro, a capacidade de reconstruir este país.” – Aécio Neves