Para o governar o Brasil

Para o governar o Brasil Aécio defende uma política externa mais aberta

Quem governa um país deve também pensar na projeção da imagem do país para além de suas fronteiras. Ao contrário de buscar estabelecer vínculos apenas com países que compartilham as mesmas visões ideológicas, um bom governante precisa expandir fronteiras em seus relacionamentos globais.

As relações internacionais do Brasil sempre foram um assunto corriqueiro na vida de Aécio Neves. Desde jovem, quando acompanhava seu avô Tancredo Neves em viagens internacionais diplomáticas, após o regime militar, Aécio procurou ajudar a transmitir ao mundo a imagem de um Brasil aberto a novos negócios, mais democrático e livre.

política externa

Mais tarde, em seus discursos, Aécio passou a afirmar que as relações internacionais devem ser feitas com diplomacia e com inevitável e progressiva abertura comercial: uma maneira prática de aliar crescimento econômico e intercâmbio cultural aos países envolvidos.

Para Aécio, é necessário governar o Brasil revalorizando o trabalho do Itamaraty; retomando diálogos comerciais com países da União Europeia e flexibilizando regras do Mercosul. Com esse movimento agregador, a política externa brasileira poderá ser projetada para um outro patamar econômico, levando ao aumento da produção nacional, gerando mais empregos e fazendo crescerem as exportações.